Páginas

Minha Garota Favorita - Parte 12

segunda-feira, 12 de março de 2012
Olha quem resolveu aparecer por aqui, dizem que quem é vivo sempre aparece né? Pois é, eu apareci! Espero que gostem do capitulo!!

Nick On

Eu esperei um pouco de tempo depois que a Miley saiu com seu pai para poder descer do quarto dela. Sai pela porta da frente mesmo, mas com cuidado, assim que me vi parado na calcada tirei meu celular do bolso já discando os números de Joe.

Ligação On

- Fala mano vei! – Joe atendeu assim, ele sabe que isso me irrita.
- Joe da pra parar de me chamar assim, você sabe que eu detesto esses erros mínimos que destroem totalmente a nossa cultura e nos levam a um nível cada vez mais baixo do padrão existencial! – Reclamei.
- O maninho, tu sacou que eu não saquei nada do que tu disse ne?! – Já era de se esperar – Mas agora não me enrola não, onde foi que tu passou a noite moleque?!
- Em primeiro lugar Joseph eu não te devo satisfações e em segundo lugar não é da sua conta então eu não tenho porque contar isso logo pra você! – Eu disse calmamente – Agora será que da pra você me dar uma carona?
- Depende, tu ta onde?
- Na frente da...- Suspirei, eu teria que dizer a ele – da casa da Miles
- Ah, eu to muito longe daí e... Para ae, da Miles?? Como assim na frente da casa da Miles, o que tu ta fazendo ai?!
- Olha Joe, será que da pra gente pular essa parte e você vir logo me buscar porque eu não to afim do pai dela chegar e me pegar aqui na frente!
- Ta, eu só vou passar na casa da Dems pra apanhar ela e vou pra ai te pegar ok?!
- Ta, só não demora!
-Eu vou ver o que da pra fazer, fui! – Ele desligou

Ligação Of

Nick Of

Joe On

Eu passei na casa da Demi primeiro, claro eu não ia deixar a minha deusa esperando só por causa do abestado do Nick. Como sempre ela levou mais ou menos uns vinte minutos para se vestir, mas quando terminou estava linda, muito gata mesmo, aliás, como sempre.
Eu dirigi ate a casa da Miley que era a dois quarteirões da casa da Dems. De longe já pude avistar o grande cabeção gigante do meu irmão alesado que me esperava olhando freqüentemente para o relógio de pulso.
- IAI Romeu, sua carona chegou – Eu baguncei.
- Não Jura? Porque eu nem percebi! – Ele ironizou entrando no carro – Vocês podiam ter demorado mais, eu nem tava com pressa mesmo!
- Ei ei, ei, ei se quer culpar alguém, culpe a senhorita “Meu look tem que estar perfeito e bla, bla, bla”
- Joseph acho melhor você dirigir caladinho amor, porque se não ARRANCO FORA A TUA LÍNGUA! – Ela berrou e me deixou com medo – Entendeu meu bem?! – Ela voltou a fazer uma carinha fofa, o garotinha bipolar viu!
- O que foi com vocês?! Brigaram é?! – Nick veio se meter no que não foi chamado.
- Não, não a Demi que ta extressadinho porque ta de TPM – Eu respondi.
- Olha Joe, eu nunca fui a pessoa mais paciente do mundo e você sabe disso então na boa, para de falar merda cara, eu não agüento mais!
- Ok, ok não precisa estressar com isso amor! – Falei em tom de brincadeira
 - Hey Nick, e ai cadê a minha Best? Porque você não foi de carona com ela pra escola? – Demi perguntou ao Nick, eu tava meio boiado na conversa.
- Longa historia Demetria, e acredite nem um pouco interessante! – Nick respondeu a minha namorada, mas se eu conheço bem a Demi isso só despertou a curiosidade dela.
- Mas tipo assim, vocês ficaram ontem?! – Demi perguntou e eu vi meu irmão mais novo corar. Cara como eu pude ter um irmão tao abestado, corar é coisa de boiola.
- B-Bom, não, não exatamente! – Ele disse ajeitando um pouco a gola da camisa.
- What?? Tipo assim porque?! Eu tava la toda cheia de expectativa e vocês nada, Oh God!! – Demi disse decepcionada.
- Mas se isso te alegra Demetria, eu devo dizer que a sua amiga tem um novo namorado! – Nick disse dando ênfase as palavras “novo” e “namorado”
- Quem? O Lautner?! Porque eles pareceram bem apaixonadinhos naquela festa de ontem à noite e vamos combinar que a Miles adora esse tipinho bad boy feito ele – Eu me meti na conversa dos dois dizendo isso e comecei a rir, mas os dois permaneceram sérios.
- Não Joe, mas obrigado por me lembrar do triste episódio da festa de ontem à noite – Nick disse dando um suspiro – O novo namorado da Miles sou eu! – Quando Nick disse isso eu freei o carro bruscamente.
- O que??
- Eu sabia!! – Demi berrou – Meus instintos de casamenteira nunca falham! Parabéns Nick!! – Ela me olhou, eu ainda estava tentando processar a informação – Joe, não vai dar os parabéns ao Nick?!
- Mas é claro... Que não!! Ficou maluco de vez foi cabeção?! Pirou geral?? Fumou unzinho?? – Eu perguntei ao Nick.
- Ei, ei, ei! – Demi se meteu – Porque ta falando assim com ele?
- E você ainda me pergunta por quê?! Depois de tudo que aconteceu, depois da Miley ter feito ele de palhaço pelo menos um milhão de vezes ele vem dizer com a cara mais deslavada que ta namorando a menina mais rodada do colégio?!
Nem vi direito quando Nick agarrou o colarinho da minha camisa me forçando a encará-lo
- Nunca mais fale assim da Miley entendeu?! – Eu nunca tinha visto aquele brilho nos olhos do Nick e nem nunca o tinha levado muito a serio, mas parece que quando o negocio é a Miley as coisas mudam de figura.
- Ei cara, o que te deu?! – Eu perguntei engolindo seco.
- Olha Joseph nos somos irmãos e eu aturei a vida inteira você falar as suas bobagens, mas se você falar alguma coisa da MINHA namorada eu juro que vou arrebentar tudo isso que você chama de cara! – Por um momento eu ate desconheci o Nick, aquele garoto que costumava ser calmo e tranquilo, mas ate achei bom ele ter uma atitude de homem ao menos uma vez na vida, embora fosse pelo motivo errado.
-Ei já chega! – Demi desgrudou o Nick do meu colarinho - Fica calmo Nick, o Joe vai ficar caladinho – Demi me lançou um olhar fulminante – Se não eu mesmo vou tratar de deixar ele mudo para o resto da vida dele!
O clima ficou meio tenso no carro e como eu sou um cara esperto eu resolvi calar a boca, não que eu concordasse com aquele namoro do Nick com a Miley, mas eu não queria mais confusão. Quando chegamos ao colégio a Miley estava parada em frente ao armário dela, quando ela nos viu, ou melhor viu o Nick porque acho que a Dems e eu éramos transparentes pra ela, ela abriu o maior sorriso. Nick também ficou com aquela cara de abobalhado que ele fica toda vez que olha pra ela, talvez eu esteja errado, sei la, o meu irmão ta feliz pelo menos, tudo bem que eu acho que ele merece coisa melhor, tipo a Hannah, que eu tenho certeza que é a loira que a Madame Raven falou mas a vida é dele e ele é bem grandinho.

Joe Of

Nick On

Quando eu vi a Miley parecia que o resto do mundo todo tinha sumido e estávamos só nos dois no corredor da escola. Eu olhava fixamente naqueles olhos azuis incríveis, era fascinante como eu tinha a sensação que poderia ver o mundo inteiro através daqueles olhos.
Sua boca era uma tentação, os seus lábios macios estavam fortemente delineados com um batom rosa choque que a Miles sempre gostou de usar, tive vontade de beijá-la no mesmo instante e então lembrei-me que agora eu não precisava mais reprimir esse desejo, ela era minha e eu poderia beijá-la sempre que tivesse vontade.
Me aproximei da Miley aos poucos, eu ouvia vozes, talvez do Joe e da Demi eu não conseguia mas distinguir, tudo que eu conseguia enxergar era aquele rosto de anjo que tinha a minha namorada. Que sensação gostosa essa de poder dizer isso, Miley a “minha namorada”
- Oi Nicky! – Miley disse ainda com seu sorriso que me deixava completamente alheio ao resto do mundo e da realidade.
- Oi! – Eu nem disse mais nada, a tomei em meus braços e a beijei, o beijo mais profundo que pude. Eu sei que não fazia nem bem uma hora que estávamos juntos no quarto dela, ou melhor, na cama dela, mas eu já estava ficando louco de saudades.
- Que, que é isso!! – Demi berrou – pregação bem no meio do corredor? Adoooooro! – Ela batia palminhas de animação.
- A gente ta mesmo no meio do corredor! – Miley murmurou baixo quando quebramos o beijo.
- Eu nem acredito que isso ta mesmo acontecendo! – Murmurei ao mesmo tempo que ela e sorrimos – Parece que estamos... – pensei um pouco - Vem comigo! – Puxei a Miley pela mão ignorando os gritinhos de protesto da Demi.
- Ei, ta me levando pra onde?! – Miley me perguntou confusa. Logo chegamos a porta dos fundos da biblioteca, o meu lugar preferido na escola. Eu sabia que a essa hora não tinha ninguém la.
- Um lugar onde a gente pode ficar mais a vontade! – Eu disse e a puxei pra dentro da sala, fechei a porta com cuidado. Como eu imaginava nem mesmo a bibliotecária estava lá. Então segurei a cintura da Miles e a guiei ate uma das ultimas estantes empoeiradas daquela sala. Colei meus lábios aos dela formando um intenso beijo, Miley não demorou a me corresponder.
Ficamos ali trocando beijos durante alguns minutos. Eu me sentia feliz como não me sentia a anos, eu sempre fui apaixonado pela Miley e agora que estávamos juntos, realmente juntos como namorados, eu mal conseguia acreditar.
- Hey, o que foi Nicky, você ta me deixando sem graça! – Miley disse sorrindo um pouquinho corada. Eu a olhei mais uma vez e a encurralei contra a parede.
- É que eu ainda não to acreditando que isso tudo ta acontecendo mesmo, que você, a Miley Cyrus, a garota mais desejada desse colégio ta mesmo namorando com um Nerd como eu! – eu disse encarando seus olhos
- Fazer o que? Eu sou uma pessoa generosa! – Ela disse convencida – Alem do mais eu não tenho culpa se o amor não repara o bom gosto, e eu acabei me apaixonando pelo dono da camisa mais horrorosa da face da terra! – Ela mencionou a minha camisa da festa na casa dela.
- Nem vem, você adora aquela camisa que eu sei! – Eu baguncei roubando um selinho da minha Miley.
- Quanto a camisa eu já nem sei, mas o dono dela, esse eu tenho certeza que eu adoro! – Ela disse sorrindo me puxando para mais um beijo, mas o primeiro sinal tocou - Xiiiiiiii primeira aula! De que é a sua?
- Geografia – Respondi
- English! – Ela respondeu em contrapartida.
- A gente bem que podia matar as primeiras aulas e ficar aqui! – Sugeri.
- O que?? Eu não acredito no que meus ouvidos acabaram de escutar aqui, Nick Nerd Jonas matando uma aula?! É o amor muda mesmo a vida de um homem! – Ela disse rindo.
- Ta vendo, o que eu não faço por sua causa garota? Ate parar num salão de beleza para homens eu fui!
- Ah amoreco valeu a pena, você ta lindo de morrer! – Ela disse deixando uma marquinha de batom na gola da minha camisa – Mas agora falando serio, temos que ir pra aula...
- Temos?? Mas porque?? Ta tao bom aqui! – Eu disse dando alguns beijinhos em seu pescoço arrancando leves suspiros seus.
- Temos sim, primeiro porque não quero que você comece a ficar irresponsável com seus estudos por minha causa, sei que você ganha o premio de freqüência a sete anos consecutivos! E depois porque você tem que conversar com a Sebby, terminar o seu “namoro” com ela, porque eu não vou ficar sendo a outra! – A minha princesinha disse cruzando os braços e com uma cara bem seria, ela ficava ainda mais linda assim.
- Tudo bem, você tem razão! – Concordei – Te vejo no recreio então?!
- Pode ter certeza que sim! – Nos beijamos mais uma vez e saímos da biblioteca

Nick Of

Selena On

Cheguei na escola no mesmo horário de sempre, eu queria ver o meu Ny o quanto antes, ainda mais porque ontem na festa ele ficou dançando com aquela loira sebosa, a tal de Hannah ou sei la o que, eu não posso perder o Nick pra aquela fulanhinha, não posso mesmo, nem a vagabunda da Cyrus conseguiu tirar ele de mim, não é uma loirinha sem sal que vai conseguir essa proeza.
Minha primeira aula do dia era de geografia, era com o Nick, assim como a maioria das minhas aulas. Sentei-me na minha carteira que é bem ao lado da dele e fiquei esperando o sinal tocar, o que logo aconteceu. Todos os alunos entraram na sala, ate a oferecida da Vanessa, mas nada do Nick.
- Bom dia turma! – O professor Turner entrou na sala, eu não podia acreditar que o Nick não viria a escola hoje.
- Ah me desculpe senhor, mas será que posso entrar? – A voz era do Nick, la estava ele parado na porta, mas que coisa estranha, o Nick nunca se atrasa pra aula.
- Claro Nicholas, pode entrar! – Respondeu o professor.
- Nickinho amor, senta aqui do meu lado! – Pediu a garota mais oferecida da escola depois da Cyrus, claro que era a Vanessa. A cadeira que ela pediu que ele sentasse ficava entre eu e ela. Nick caminhou ate a cadeira em silencio e se sentou com cuidado.
- Bom dia Vanessa, bom dia Selena! – Ele disse com o ar serio. Pera ae, que papo é esse de Selena, porque ele não ta me chamando de Sel ou Selly como ele sempre chamou?
Eu encarei o Nicholas e já ia perguntar qual era o motivo por ele estar sendo tao seco comigo quando eu vi aquela mancha cor de rosa na gola da camisa dele.
- Nicholas Jonas o que significa isso?! – Eu repuxei a gola da camisa dele
- Selena, fica calma, por favor! – Nick pediu pra eu diminuir o meu tom de voz.
- OH GOD!! – Vanessa berrou – Eu to vendo, mas não to acreditando! Isso é mancha de batom, e a julgar pelo tom de rosa, batom de puta!
- Nick, eu não acredito, não acredito que você esta me traindo! – Eu me levantei da minha carteira já com lagrimas nos olhos.
- Selena, Sel deixa eu te explicar pelo menos! – Nick ate tentou, mas eu estava magoada demais pra ouvir qualquer coisa que ele tivesse pra dizer e sai correndo da sala.
- Senhorita Gomez, a senhorita esta bem? – O professor perguntou, mas eu apenas passei pela porta em disparada.

Selena Of

Nick On

Eu vi a Selena passar pela porta e fiquei meio sem ação, eu não queria que ela tivesse descoberto as coisas desse jeito.
- Professor, se me der licença, eu vou atrás dela! – Nem esperei pela resposta do professor e sai atrás da Sel. Eu estava procurando por ela em todos os lugares quando dei de cara com a Vanessa de braços cruzados em frente ao bebedouro.
- Voce vacilou heim Nickinho! – Ela disse
- Olha só Vanessa, eu não tenho tempo para conversa agora,eu tenho que achar a Sel e explicar tudo pra ela! – Eu disse já passando por ela.
- Foi com a tal da Hannah né? Voce traiu a Sel com aquela garota do leilão de ontem não é?! – Ela me olhou – Eu sei porque reparei que ela estava usando esse mesmo tom de batom ontem!
- Vanessa eu não sei do que você ta falando ta legal?! – Porque todo mundo resolveu encasquetar com a Hannah?!
- Nick meu bem, eu não nasci ontem, conheço uma vagabunda quando vejo uma e aquela Hannah é tao vagabunda quanto a Cyrus!
- Olha aqui Vanessa, lava essa sua boca antes de falar da Miles! – Eu disse irritado – E não que isso seja da sua conta, mas não, eu não trai a Sel com a Hannah! – Eu disse já saindo de perto do bebedouro deixando a Vanessa muito confusa.
Eu segui pensando no que a Vanessa tinha dito, realmente a Hannah ontem estava usando esse mesmo tom de batom, mas ela e a Miley são primas, podia ser apenas uma coincidência não é?!
Quando passei em frente ao banheiro feminino ouvi um barulhinho de choro, forcei a porta, mas estava trancada.
- Selena? Sel, você ta ai?! – perguntei

Nick Of

Selena On

- Nick vai embora, eu não quero falar com ninguém! – Eu respondi chorando.
- Sel, eu só quero esclarecer as coisas, poxa nos sempre fomos amigos e eu tenho uma grande consideração por você! – Ele disse baixo, o som saiu meio abafado pela porta que nos separava mas mesmo assim ainda pude ouvir.
- Ah ta, eu percebi toda a sua consideração agora pouco! – Retruquei.
- A verdade é que eu errei Selena, eu não deveria ter pedido você em namoro, eu nunca senti nada mais do que amizade por você... Eu sei que pode ser tarde para desculpas, mas mesmo assim eu queria tentar, olha, eu, eu sinto muito, muito mesmo, eu sei que eu te fiz mal, que eu te machuquei e eu realmente não queria isso Sel, mas eu também não posso continuar com você quando eu sei que sou completamente apaixonado por outra pessoa e que eu nunca vou poder corresponder os seus sentimentos – Eu chorei ainda mais, era tao difícil escutar ele dizendo essas coisas. Mas eu o amava, o amava tanto a ponto de suportar qualquer coisa só para não perde-lo, para não perder pelo menos a amizade dele. Levantei e abri a porta lentamente, dei de cara com o Nick na porta também com algumas lagrimas nos olhos – Olha Sel, de verdade, eu queria muito continuar sendo o seu amigo... – Não deixei ele terminar e o abracei, o abraço mais forte e mais apertado que eu já dei em alguém. Eu ainda estava magoada, mas não ia correr o risco de deixar de ser amiga do Nick e aquela vadia da Cyrus fazer a cabeça dele contra mim. Eu tinha quase certeza que era com ela que o Nick tava ficando, a marca do batom na camisa dele era daquele batom rosa choque que ela sempre usa.
- Tudo bem Ny, acho melhor ser só sua amiga do que não ser nada sua! – Eu sussurrei.
- Sel, não diga isso, olha você tem que entender que entre nos não pode haver mais nada, eu já tenho outra pessoa de quem eu gosto...
- Eu sei Nick, eu já entendi! – Disse de cabeça baixa – Mas eu ainda quero ser sua amiga!
- Eu também! – Ele me abraçou – E então, vamos voltar pra sala?
- Eu vou lavar o meu rosto e depois eu volto, agora Nick antes de você ir, me responde uma coisa, você ta com a vadia Cyr...quer dizer, você esta com a Miley Cyrus? – Eu o encarei e ele assentiu dando um longo suspiro.
- Sel, eu garanto pra você que a Miles é uma pessoa incrível, inteligente...Se vocês duas se conhecessem melhor, eu tenho certeza que... – Eu interrompi.
- Não Nick, eu quero ser sua amiga, não amiga da sua namoradinha, a minha opinião sobre ela não mudou e não vai mudar nunca! – Eu disse segura – Agora se me der licença, eu vou lavar o meu rosto e tentar esquecer essa coisa toda ta bem?!
- Ok, então eu te vejo depois, vai ficar tudo bem? – Eu assenti e ele saiu. Eu caminhei ate a pia pra lavar o meu rosto e não demorou nem bem cinco minutos a Vanessa entrou no banheiro.
- E ai, com quem foi que o Nick te traiu? – Ela perguntou.
- Olha Vanessa, da pra você cair fora daqui,por favor?! – Pedi já sem paciência, mas que droga, eu tinha perdido o meu Nick pra aquela vadia da Cyrus e ainda tinha que ficar aturando a Vanessa?! Assim não da!
- Qual é Selena, você sabe que eu posso te ajudar a se vingar da fulanhinha e ainda ter o Nick de volta, eu prefiro ele com você do que com uma piriguete qualquer dessa escola! – Fiquei tentada a aceitar a ajuda da Vanessa, eu já tinha perdido o Nick mesmo, eu não tinha mais nada a perder.
- E bota piriguete nisso viu, ele ta ficando com a Cyrus! – Eu disse fazendo uma careta de nojo.
- O que? A Cyrus, logo ela?! – Vanessa também fez cara de nojo – Mas isso não faz o menor sentido, aquele batom na camisa do Nick era daquela loira aguada da Hannah!!
- O que?! – Eu encarei a Vanessa – Tem certeza? Porque eu acho que o batom na camisa dele era da Cyrus...
- É claro que eu tenho certeza!! – Ela também me encarou – Minha filha, se tem alguma coisa que eu entendo é de maquiagem, e se tem uma coisa que eu reparei bem naquela fulana foi como o batom permanente dela não saiu mesmo depois dela dar aquele beijasso no Nick no leilão!
- Então você acha que o Nick ta ficando com a tal da Hannah e não com a Cyrus?! Mas porque ele mentiria pra mim? – Eu perguntei confusa. Antes da Vanessa poder me responder ouvimos algumas vozes e ela me empurrou pra dentro da cabine do banheiro e tapou minha boca, subimos em cima do vazo e ficamos bem caladinhas, Demi e Miley tinham acabado de entrar no banheiro.

Selena Of

Demi On

Miley e eu estávamos conversando na aula, ela estava me contando tudo sobre como foi sua noite com o Nick. Nunca tinha visto minha amiga tao animada assim por causa de um garoto, ela falava dele mais do que da nova coleção de botas channel e acreditem em mim, se tem uma coisa que a Miley adora nesse mundo são as botas da channel, ate hoje nenhum menino tinha conseguido superar isso, devo dizer que o meu cunhadinho fofo estava indo bem rumo a conquista do coração da minha amiga diva.
- Nossa isso que é amor viu, nunca vi você assim diva, fico feliz por você e pelo meu cunhadinho! – Eu disse sorrindo assim que entramos no banheiro. Eu fui pra frente do espelho retocar meu gloss labial e a Miles ficou encostada na porta encarando o celular com uma cara meio xoxa – Ué, o que te deu mulher, a dois minutos era só felicidade e agora assim do nada você resolve ficar ai com cara de quem comeu demais e está com medo de ficar gorda! – Miley me olhou.
- É que ontem eu... Bom, eu não sei bem como eu fiz isso, mas eu meio que... Filmei eu e o Nick sem querer!
- Pera ai amiga, deixa eu ver se eu entendi, então você filmou você e o Nick transando sem querer?! – Eu perguntei ainda boba com isso que acabei de ouvir, a Miley já tinha me contado tudo que aconteceu ontem tim, tim por tim, tim mas esse detalhe ela não tinha mencionado, eu sabia que a Miley era ousada mas daí filmar, bom isso já era demais.
- Foi sim Demi e nem vem com essa sua cara maliciosa porque foi sem querer mesmo! Eu deixei o celular gravando a noite toda, nem sei como ainda não caiu a bateria! – Minha amiga disse ainda olhando para o aparelho em suas mãos.
- Bom, mas isso é o de menos, você apaga ai fica tudo resolvido! – Eu disse como se fosse obvio.
- Droga a bateria caiu! – Ela esbravejou – E eu nem trouxe o carregador, não vai dar pra apagar o vídeo!
- Deixa isso pra la amore, a noite você apaga! – Eu disse ainda despreocupada. Que mal um vídeo que ninguém nem sabia da existência poderia causar?! – Mas Miley, me conta como é que foi com o Nick, tipo assim, na cama?? Ele era experiente?? – Eu adoro saber esses detalhes sórdidos. Olhei para a minha amiga e ela estava vermelha feito pimenta.
- Ah Dems...ele, ele – Ela pegou o gloss da minha mao – ele não era experiente, mas sabia bem o que estava fazendo! – Ela começou a passar gloss nos lábios.
- Hum...Interessante! – Eu disse pensativa – Acho que ele deve ter lido muitos livros de sexologia ou quem sabe ele treinou bastante com as nerds oferecidas desse colégio! – Eu fiquei imaginando as cenas e a Miley deu uma risadinha – O que foi?!
- Nada! – Ela respondeu ainda rindo.
- Ah qual é Miles, assim não tem graça, eu quero saber porque você ta rindo! – Eu fiz bico.
- Já disse... nada! – Miley tentou ficar seria.
- Ninguém ri por nada! – Retruquei.
- Ta bem, eu to rindo pelas bobagens que você disse do Nick ter lido livros ou treinado com as nerds daqui do colégio... – Ela riu mais – da onde você tira essas coisas Dems?!
-Ué eu sou uma pessoa com muita imaginação, alem do mais depois daquela historia do Nick ter pego a chatinha da Selena aqui dentro do banheiro eu passei a encara-lo com outros olhos! – Eu expliquei.
- Acontece que aquelas historias todas a respeito do Nick eram mentira! – Miley retrucou – Como eu suspeitava desde o principio ele nunca ficou com aquela nerdizinha ridícula! – Miley revirou os olhos – Eu não sei se devia te contar, mas, bom, o Nick ainda era virgem... – A minha boca se abriu tipo um O – Dems, por favor, não comenta isso com ninguém, nem com o Joe! Acho que o Nick era meio frustrado com isso...
- Não, claro que não! – Eu fingi fechar um zíper na minha boca e a Miley riu – Mas se eu conheço bem a senhorita, aposto que vai querer fazer o Nick perder a frustração dele né?!
- Ah pode ter certeza amor! – Miley concordou rindo – Ate porque o meu namorado faz justiça ao seu cargo, oh homem gostoso viu!! Jesus abençoa mais!! – Ela fingiu se abanar e nos duas rimos.
- Essa garota ta que ta! – Eu baguncei – Agora, amiga, vem ca, vamos falar de uma coisa seria. E a Hannah, o que tu vai fazer com ela, sei la, eu tava pensando, não seria melhor você contar pro Nick antes que ele descubra?
- Ai Dems, eu não sei, isso não é qualquer coisa, não é como chegar la e contar a ele que eu menti, é chegar la e dizer “Oi Nick, sabe o que foi amor, lembra daquela garota loira a Hannah?! Pois é, ela não existe, eu coloquei uma peruca e inventei uma personalidade falsa, desculpe!” Seria praticamente eu dizer a ele que o fiz de idiota, o Nick nunca iria me perdoar, ele detesta mentiras!
- E é justamente por isso que eu acho que você deve contar Miley, sei la, eu sei que não é fácil, mas você só inventou a Hannah para poder comprar ele no leilão, eu não sei pra você, mas pra mim parece uma boa causa!
- Não, eu ate pensei em contar o Nick a verdade naquele mesmo dia, mas não deu certo, alem do mais ta tudo indo tao bem entre a gente, estamos felizes e eu não quero estragar tudo! – Ela disse mordendo um pouco os lábios – E também eu nunca mais vou me vestir de Hannah então o Nick nunca vai descobrir!
- Olha, você que sabe, mas se fosse comigo eu diria logo toda a verdade a ele, o Nick te ama e se você explicar direitinho o que aconteceu aquela noite ele vai te entender!
-Não Dems, eu já pensei bastante a respeito disso e acho que o melhor, pelo menos por agora é deixar a Hannah morta e enterrada! – Ela afirmou sorrindo.
- Ta bem ne... – Eu concordei – Ei, eu tava querendo dar uma passadinha na hora do almoço, eu to precisando de um sapatos novos e...
- Não vou poder! – Ela nem me deixou terminar acredita? – Vou almoçar com o Nick! – Miley disse com um sorrisinho.
- Awn! – Eu fiz uma carinha fofa – To vendo que eu vou começar a detestar aquele garoto! Ele ta roubando a minha companheira de shopping!! – fiz uma cara brava.
- Ah Dems, não fica brava vai, eu prometo que sábado a gente sai e compra o shopping inteirinho se você quiser, mas hoje eu quero passar um tempinho com o meu Nicky!
- Ta bem ne, fazer o que?! – Revirei os olhos – Não posso competir com o nerd bonitão... – Eu disse divertida, abrindo a porta e rindo.
- Ei amore, não fala assim, o Nick é um nerd sim, mas ele é o meu nerd! – Miley disse sorrindo e nos duas saímos do banheiro.

Demi Of

Vanessa On

- Eu não consigo acreditar no que eu acabei de ouvir aqui, aquela vadia! – Selena esbravejava – Não acredito que ela é a Hannah, isso é tao ridículo! Ela fica mentindo pro Nick, ah mas eu vou contar pra ele, vou contar toda a verdade pro Nick e desmascarar essa garota! – Selena foi saindo a paco largos do banheiro.
- Ei, ei, espera! – Eu a segurei antes que aquela tonta estragasse tudo – Não pode contar nada pro Nick! – Eu a encarei.
- E deixar aquela vadia continuar mentindo pra ele?! Nem pensar, o Nick precisa saber quem ela é de verdade! – Como a Selena é lerda, meu Deus!
- Aiai usa a cabeça pelo menos uma vez na vida Selena! – Eu disse revirando os olhos – Se você contar ao Nick que a Miley é a Hannah vai ser como estar fazendo um favor a ela! Tipo, o Nick vai ficar chateado mas como ele gosta dela, vai perdoa-la mais cedo ou mais tarde!
- Não vai não, o Nick odeia mentiras! – A Selena cruzou os braços.
- Eu sei, mas esse caso é diferente, o Nick gosta da Miley e isso é uma desvantagem pra nós se apenas contarmos pra ele, ela vai se explicar e ai você já sabe! – Eu bufei – Temos que pensar em um jeito de usar isso a nosso favor! Voce viu, a Miley tem medo que o Nick descubra, talvez possamos chantageá-la, ou algo do tipo, acho que será melhor pra nos!
- Olha, eu não quero chantagear ninguém Vanessa, eu só quero aquela mentirosa longe do Nick! – Ai que raiva dessa garota.
- E você não quer ver a Miley se dar mal?! Digo, não gostaria de ver ela perder o Nick e ainda por cima ser humilhada?! – Vi um brilho diferente nos olhos da Selena.
- E como conseguiremos isso?! – Ela me encarou.
- É só conseguirmos aquele vídeo no celular da Miley...Eu tenho um plano! – Eu disse com um sorriso malicioso.

Vanessa Of

Miley On

Finalmente aquela aula de geometria tinha acabado, eu era péssima nessa matéria, péssima mesmo... Se bem que agora que eu namoro o Nick, o garoto gênio, talvez ele possa me dar uma ajudinha... Eu ri com esse pensamento. Abri meu armário para guardar os meus livros e de la caiu um bilhetinho, me agachei e juntei, estava escrito o seguinte...

“Não sou especial em nada; disso estou certo. Sou um cara comum, com pensamentos comuns e vivo uma vida comum. Não há monumentos em minha homenagem e talvez, em breve, serei esquecido, mas eu sempre a amei com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou!” Nicholas Sparks.
Alguém uma vez me disse que gostava de literatura, bom eu comprei um ótimo livro das melhores frases de grandes autores em todos os tempos, e seria bom ter companhia para lê-lo. Não sei, talvez uma certa garota ruiva com uns olhos azuis incríveis poderia ser a companhia perfeita, o que acha? Será que ela aceita?
Se ela aceitar, estarei esperando por ela durante o intervalo no jardim da escola...
Com amor Nick.

Embora fosse apenas um bilhete, conseguiu tirar o meu fôlego tanto quanto as cartas, na época que eu nem sabia que o Nick era meu admirador secreto. Ele tinha mesmo esse dom, o dom de fazer eu me apaixonar por ele mais e mais a cada segundo. Havia algo de tao especial e tao mágico em quando ele escrevia, eu poderia passar horas lendo e relendo e acho que jamais alcançaria a profundidade que ele usava nas frases que escrevia. Eu sorri guardando o bilhete dentro da minha agenda junto com todas as outras cartas. Guardaria aquelas cartas para todo sempre, mesmo se acontecesse alguma coisa que me separasse do Nick, eu as guardaria. Derrepente me veio aquele raciocínio que realmente poderia acontecer algo que me separasse dele e isso me deixou triste por alguns segundos, eu não queria perde-lo, seria duro demais pra mim. Balancei a cabeça afastando esses pensamentos, Nick e eu estávamos tendo os nossos melhores momentos agora, estávamos juntos, não havia o que temer!
Depois de ter guardado minhas coisas no armário o sinal tocou, o sinal para o intervalo. Corri pelos corredores para chegar o mais rápido possível ao jardim. Pra mim era engraçado, eu nunca tinha me sentido tao apaixonada assim, pelo menos não o suficiente para sair correndo pelos corredores da escola. Eu estava me sentindo boba e também mais feliz do que o normal, como se qualquer coisa fosse me fazer sorrir e como se houvesse um milhão de motivos para eu acreditar em contos de fada e que finais felizes existem sim na vida real.
Cheguei ao local marcado um pouco estabanada, rolei meus olhos por todo o jardim para encontra-lo, aquela anciosidade de vê-lo acelerava o meu coração, me perguntava se essa sensação iria me abandonar algum dia. A primeira vista não o encontrei, eu estava procurando em lugares óbvios, como a beira de um pequeno lago que havia ali e nos vários bancos onde os alunos sentavam para papear, mas Nick não era obvio. Ao longe, de costas em pe sob a sombra de uma cerejeira distante de todas as outras arvores do jardim estava ele, o meu Nick. Aquela visão era quase perfeita, um pouco do sol batia por entre as folhagens da arvore iluminando parcialmente seus cabelos. Ele mantinha as mãos no bolso, um habito que eu já tinha reparado a algum tempo e embora ainda não pudesse ver seus olhos eu sabia que ele estava com os pensamentos distantes. Como eu dizia, visão quase perfeita, faltava algo ali, faltava eu.
Sem esperar nenhum segundo mais, caminhei ate ele e parei a uns dois pacos de distancia.
-Sentiu minha falta? – Perguntei e ele se virou para mim de imediato.
- Muito! – Ele olhou em meus olhos – Então a bela ruiva resolveu aceitar o meu convite, fico feliz! – Ele disse vindo apoiar suas mãos em minha cintura.
- Pois é, ela não tinha nada melhor para fazer mesmo! – Respondi convencida. Nick colocou seus lábios sobre os meus delicadamente em um beijo calmo e leve.
- Como sempre convencida meu amor! – Ele murmurou ao quebrarmos o beijo.
- E foi por justamente por isso que você se apaixonou que eu sei! – Eu disse rindo e ele também sorriu.
- Não posso discordar disso! – Nos sentamos no gramado a sombra da arvore e ele me mostrou seu livro – Olha aqui, acho que você vai gostar! – Começamos a folhear o livro juntos, começamos a ler em silencio, mas eu gostava de ouvir a voz do Nick então pedi que ele lesse pra mim enquanto eu apenas ficava recostada em seu peito de olhos fechados absorvendo todas aquelas palavras e o sentido que elas tinham pra mim. Isso tudo era tao bom, estar com o Nick, sentir o seu cheiro, o pulsar do seu coração tao próximo de mim, eram sensações maravilhosas, eu não queria ter que sair daqui nunca mais.
Ate ouvimos o sinal bater para voltarmos para a sala de aula, mas nem o Nick fez menção de se mover e nem eu queria que saíssemos dali. Precisava passar mais tempo com ele e uma aula perdida não faria assim tanta diferença no meu longo histórico de faltas, acho que nenhuma falta minha anterior teria uma justificativa tao boa como essa, pelo menos pra mim.
Nick assim como eu parecia bastante empolgado com a leitura, eu sabia que ele não costumava cabular aulas, mas ele não parecia muito interessado em outra coisa que não fosse estar aqui comigo e isso me deixava ainda mais feliz.
Passamos longos minutos sob a sombra da cerejeira lendo frases românticas e inspiradoras, nunca tinha imaginado que seria tao bom namorar assim, só com carinho, fazendo uma coisa que gosta junto com uma pessoa que adora, sem toda aquela pegação e malicia que eu nem cheguei a sentir falta essa tarde.
- Esta com sono? – Nick perguntou pois eu estava muito quieta.
- Não, não estou! – Eu disse sorrindo – Apenas uma frase que você passou a umas duas paginas, me chamou atenção e eu fiquei pensando sobre ela... – Comentei.
- E qual foi? – Ele perguntou. Me ajeitei em seus braços e voltei as paginas do livro apontando para a frase de Carlos Drummond Andrade. Nick a releu – “Se você sabe explicar o que sente, não ama, pois o amor foge a todas as explicações” – Ele também ficou pensativo – É  uma bela frase, mas acho que não faz muito sentido pra mim, ta certo que o amor não precisa de explicações, mas acho que todo mundo sabe quando esta amando alguém...
- Sim, isso é verdade – Eu disse atenta ao sentido daquela frase – Mas não é sobre isso que ele esta falando, ele esta falando sobre o que você sente, mas não de sentimentos e sim das sensações, aquelas sensações malucas, arrepios inexplicáveis, só porque a pessoa amada esta perto e acho que isso ninguém consegue explicar mesmo...
- É acho que tem razão! – Nick disse com o seu meio sorriso perfeito estampado em seu rosto. Naquele momento eu tive certeza.
- Sabe...Eu acho que te amo, porque eu não sei explicar o que sinto! – Eu disse o olhando nos olhos, havia um imã em nossos olhares, algo que puxava um para o outro com uma forca tremenda. Nick não disse nada e nem precisava, eu sabia o que seus olhos estavam dizendo naquele instante, e ele me beijou tao desesperado e tao avassalador como nunca antes. Aquele beijo não durou muito, pois logo ficamos sem fôlego, mas a sensação que ele deixou em mim ficaria gravada para sempre – Sabe, acho que temos que ir, eu bem que queria ficar mais aqui com você, mas eu tenho treino das lideres de torcida por causa do jogo de hoje a noite! – Eu disse assim que quebramos o beijo. Não me entendam mal, eu só não queria forçar o Nick a me fazer uma declaração. Eu disse aquilo porque foi o que eu senti na hora e não por uma obrigação, não queria que ele me dissesse que me amava só porque eu disse primeiro, então decidi mudar de assunto.
- Tudo bem! – Ele disse tranquilo e nos levantamos – Eu sei que não posso assistir o treino, mas acho que vou assistir o jogo só pra te ver torcer!
- Então vou te esperar la! – Eu disse dando um ultimo selinho em meu namorado.
Nos despedimos e cada um seguiu seu caminho, Nick foi para casa e eu fui para o treino. Notei que Vanessa estava mais feliz do que de costume e isso me deu um certo medo, não sei explicar bem porque...
Depois do treino eu fui me trocar, tomar um banho e colocar o uniforme que usaríamos para torcer no jogo de hoje a noite. Mas quando eu abri meu armário tomei o maior susto que eu acho que já tive na vida!
- Não, não, não! – Eu berrava descontrolada – Não pode ser!
- O que te deu mulher?! – Demi veio para perto de mim.
- Dems, roubaram o cartão de memória do meu celular! – Eu disse desesperada. O vídeo da noite passada estava nele.

Continua...

8 comentários:

Lívia Vasconcellos disse...

AHHH AMY, ISSO VAI DAR MUITO MERDA.
rsrsrs, Posta logo hein.
Beijos.

Lúh Smile disse...

Ameiii!
Perfeitooo de mais!! =)
Amy, vc tem um jeito único de descrever as coisas q me deixa fascinada, sou apaixonada pelas suas fics!!
O Nick e Miles lindoos juntos!
To super curiosaa, aí meu Deus o que a Vanessa e a Selena vão fazer??
Postaa logoo, por favor!
Bjosss flor :*

kelly lino * disse...

ameiiii
nossa agora o videio vai pro celular de todo mundo kk
nossa como a miley e o nick podem ser tao lindos juntos..
posta logo
xoxo

Anônimo disse...

Amei
Posta logo
Esses sentimentos sao tao lindos que parece que passam para nos.
:)

Jééll disse...

nossa como vc é má, parou parou na melhor parte.
estou doida pra saber o vai acontecer. adorei esse capito, adorei a parte da miley com o nick, eles são tão lindo juntos.
Posta logo. Beijos.

Tmendre disse...

Eu já falei o quanto eu amo essa história?
Se não cá estou eu pra dizer que amo essa história, pois é bastante diferente das histórias que estamos costumadas a le em blogs o que me agrada em muuuuuiiitooo porque eu odeio mesmice haushaushuas'
ENFIM...
Estou curiosa pra saber quem roubou o cartão de memória da Miley :)
Poste o mais breve possivel :)
Beijos
Peace&Love

Bruna disse...

menina te encontrei por que motivo razao ou circunstancia vc nao posta mas nesse blog?
http://prncipeencantadoesuagarota.blogspot.com.br/
eu to pirando eu preciso q vc poste pelo amor de deus e todos os santos da terra posta la por favor se nao nao durmo direito posta logo
siiiiiiimmmmmmmmmmm

Anônimo disse...

I meu Deus, por q parrou? tava mt ansiosa pra ver o final desse fic
Ta perfeito haha

Postar um comentário